Conheça a obra de arte vendida durante o regime nazista que a França vai devolver a família judia.

Conheça a obra de arte vendida durante o regime nazista que a França vai devolver a família judia.

O quadro do famoso pintor austríaco Gustav Klimt, "Roseiras sob as árvores",  vai ser devolvida pela França para os herdeiros de uma família judia que foram forçados a vender para sobreviver ao regime nazista, esse fato ocorreu antes da Segunda Guerra Mundial.

Segundo a ministra da Cultura da França, Roselyne Bachelot, o quadro é uma testemunha das vidas destruídas pelos nazistas.

A obra estava em poder francês desde a sua compra em 1980, porém não sabiam da verdadeira história por trás do quadro.

Para sobreviver financeiramente, Stiasny (a dona da obra) foi forçada a vender a pintura em agosto de 1938 por um valor muito abaixo do mercado, meses depois de os nazistas anexarem a Áustria à Alemanha.

Em 1942, Stiasny foi deportada para um campo de concentração nazista na Polônia, onde morreu no mesmo ano. A primeira pessoa a comprar o quadro dela foi um negociante de arte que manteve consigo a pintura até morrer, na década de 60.

A França comprou "Rosier sous les Arbres" num leilão em 1980 para o Musée d'Orsay.
 

O quadro do famoso pintor austríaco Gustav Klimt, "Roseiras sob as árvores",  vai ser devolvida pela França para os herdeiros de uma família judia que foram forçados a vender para sobreviver ao regime

Posts Relacionados